COMO ACENDER E APAGAR O PURO

O RITUAL DE ACENDER SEU CHARUTO É SIMPLES MAS REQUER ALGUNS CUIDADOS COMO NÃO UTILIZAR ISQUEIROS A BASE DE FLUÍDO , VELAS OU FÓSFOROS A BASE DE PAPELÃO, POIS PRODUZEM ODORES QUE PODEM IMPREGNAR O CHARUTO E ALTERAR SEU PALADAR.

A forma mais indicada é a utilização do isqueiro a gás, por não deixarem resíduos. Também são adequados os fósforos de madeira, de preferencia os mais longos, porém deve se esperar a chama baixar, que surge assim que se risca o fósforo, pois esta chama deixa odores de enxofre. Podem ser utilizadas as lâminas de cedro que vem dentro das caixas, estas quebradas podem ser acesas por qualquer acendedor e levada ao charuto para acendê-lo.

Segure o charuto num ângulo de aproximadamente 45 graus e aproxime a chama do pé do charuto para aquece-la e que fique seca, fazendo um movimento de rotação, facilitando seu acendimento. Finalmente, leve o charuto a boca, mantendo sua extremidade sobre a chama, e puxe suavemente a primeira baforada.

Para apagar o charuto, simplesmente consiste em deixá-lo apagar sozinho, nunca faça igual fumantes de cigarros, que amassam a ponta contra o cinzeiro, pois isso provoca um cheiro desagradável.

CHARUTOS

  • COMO CORTAR
    SEU PURO

    A primeira etapa para fumar consiste em cortar o seu charuto, para que a fumaça possa fluir e assim ser saboreado. Existem diversas maneiras de cortar, mas o método mais recomendado...

  • PERSONALIDADES
    E OS SEUS CHARUTOS

    Personalidades que amavam charutos, confira a lista de fumantes notáveis e conheça um pouco mais suas peculiaridades.

  • ONDE TUDO COMEÇOU

    Colombo aportou na baía de Gibara, em Cuba, em 28 ou 29 de outubro de 1492, as fontes divergem quanto a data exata. Onde o marinheiro Rodrigo de Jerez, encontrou nativos que seguravam pedaços de folhas fumegantes e soltavam baforadas...